domingo, 10 de maio de 2009

CASTELO DO REI WAMBA (VILA VELHA DE RÓDÃO)

Castelo do Rei Wamba
Lenda do Rei Wamba

Nas portas de Ródão do lado da Beira Baixa (Norte do Tejo) vivia um Rei que tinha lá um castelo que se chamava Wamba e que dominava este lado. Este era um guarda avançado da Egitânia.

O lado de lá era dominado por um Rei Mouro.

A mulher do Rei Wamba perdeu-se de amores pelo Rei Mouro e este para a raptar tentou fazer um túnel que passaria por baixo do Tejo para a poder ir buscar.

Os cálculos do Rei Mouro foram mal feitos e o buraco saiu acima do nível das águas (conforme ainda se pode ver).

A mulher do Rei Wamba entrou em pânico e o Rei Wamba descobriu a finalidade do buraco.

O Rei Wamba vendo a paixão que ela manifestava pelo outro, ofereceu-a então ao outro Rei como presente, mas sendo atada à mó de um moinho, rolando pelas encostas até ao Rio Tejo. Pelo sitio onde passou a mó com a mulher do Rei Wamba atada nunca mais nasceu qualquer vegetação, conforme hoje ainda se pode verificar no local.


(Marie)

9 comentários:

ellen disse...

Conheço este Castelo :)

Conceição Duarte disse...

Algumas histórias ficaram para nós como coisas que não se explicam e aí está o mistério da vida....
Muito interessante! Bj, CON

Georgia disse...

Cobicando a mulher do próximo...


Uma linda semana prá você

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Marie,

Amei o selinho, adoro receber esse tipo de carinho, viu?

Sobre o seu texto, não conhecia a lenda, gostei de ler.

Beijo grande, menina linda. O selo vou postar no nosso blog de selos.

=]

Rebeca

-

ellen disse...

essa história é impressionate puxa (só hoje a li) rsssssss

e já leste a minha da estrela-do mar? achei-a tão querida :)

bjito

Blog do Beagle disse...

Nossa, nunca ouvira falar. Muito interessante. Bjkª. Elza

Gaby disse...

Aprender até morrer!

Desconhecia por completo quer o castelo quer a lenda.
Obrigada por partilhar as suas viagens!

Beijinhos.

casa da poesia disse...

...e por amor se perdeu!..."encalhou nas portas de ródão"!...e...para a rainha desditosa...

"Ima phuyu jaqay phuyu."
besos.

Helena Teixeira disse...

Acho o máximo as lendas.Esta fez-me lembrar a história grega de Helena,mulher de Menelau,cobiçada por Paris e lá se deu a história do Cavalo de Troía.Ai,o que nao se fazia antigamente por 1 mulher,hein :)
Hoje nem cavalos,nem buracos...lol
Jocas gordas,
Lena

P.S: um convite para visitar os blogs www.aldeiadaminhavida.blogspot.com
e www.clubedasmulheresbeiras.blogspot.com