domingo, 21 de junho de 2009

UM SORRISO


Deixo p'ra você um sorriso

Com cheirinho de amizade...

Um beijo em sua face

Com desejos de felicidade...

Deixo também minha mão

Caso vá precisar...

Um afago em seu coração

E um ombro para ninar...

Deixo p'ra você meu carinho

Mas não esqueça de vir

Visitar o meu cantinho...

Sou alguém que de amizade precisa

Para continuar sorrindo!...

(enviado por uma amiga)

(Marie)

11 comentários:

james p. disse...

Olá Marie.Gostei muito do poema.Abraços desse lado do Atlântico.

ellen disse...

Oi marie,
hoje foi dia de compras no hipermecado e estou estoirada de tanto carregar...
mas chego e venho encontrar este lindo poema a ti dedicado por alguém também tua amiga, muito bonito e cheio de carinho. É do que eu preciso :)

Beijinho grande para ti...
e desta vez não me escaldei :)

marie disse...

James
Abraço para si também!

marie disse...

ellen
A vida é assim, quando se fecha uma porta abre-se uma janela...
Tenho recebido muitas demonstrações de carinho dos meus amigos virtuais/reais e tu para mim és a irmã mais nova que nunca tive!

ellen disse...

ohhhh...que querida!!! já podias ter dito isso há mais tempo bolas ehehehehe
eu também preciso de uma mais velha e atinada porque a outra é uma destinada ehhehe ficando no meio das duas equilibro-me :)

Beijinho

* Patty Meirelles * disse...

"Ser feliz não é ter uma vida perfeita,
mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância.
Usar as perdas para refinar a paciencia.
Usar as falhas para esculpir
a serenidade.
Usar a dor para lapidar o prazer.
Usar os obstáculos para abrir
as janelas da inteligencia, pois
a vida , é um espetáculo IMPERDIVEL!!!!

Uma ótima semana para vc!!
Bjinhossssssssssssssssss

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Marie,

Essa amizade que contagia faz brilhar os nossos dias.

Beijo grande, menina linda.

Rebeca

-

JF disse...

Olá!!!

Um lindo poema,sem duvida.

Bj

Mylla Galvão disse...

Marie,
Tão fofinho o seu poema...
E o selinho tb...
Eu gosto muito de desenhar coraçõezinhos assim...
Eram minhas marcas registradas...
Bjo grande

Gaby disse...

Marie,

Lindo o poema que recebeu e partilhou connosco!
Às vezes, basta um sorriso para aquecer a alma.

Quanto ao seu comentário no meu post sobre Violência Doméstica, que desde já agradeço, é, de facto um tema que dá pano para mangas. Pelo que tenho lido e ouvido (pois a minha área não é a psicologia nem a psiquiatria ou a sociologia) tenho-me apercebido de que, como diz, mesmo as vítimas que se conseguem "libertar" dessa "prisão" ficam, de facto, marcadas para o resto da vida. Há tempos, num programa de TV, uma mulher maltratada durante 20 anos mas que já estava divorciada há 10 e tinha conseguido refazer a sua vida, ainda não conseguia "dar a cara" e prestou o seu depoimento com a voz distorcida e o rosto tapado! Isto impressionou-me imenso e a revolta que sinto é tanta que fiz este pequeno post com informação recolhida (expressei a minha repugnância, claro) mas consciente que é um assunto muito complexo.
Um beijo para si e obrigada.

Coisas de Ta disse...

Lindo poema.